Posts Marcados Com: alimentação

Guia Alimentar do Ministério da Saúde

“Você é o que você come!”. Esta é uma frase famosa e que faz sentido. Historiadores relatam que o Homem passou a desenvolver suas habilidades mais especiais a partir do momento em que conseguiu diversificar sua alimentação, ou seja, a partir do momento em que passou a comer melhor. Com certeza, o tema da alimentação ainda está presente e muito se alerta sobre a influência da alimentação na saúde das pessoas. Doenças como diabetes, hipertensão, problemas cardiovasculares, entre outros, estão associados a maus hábitos alimentares e isso pode prejudicar inclusive o bom andamento dos planos profissionais ou qualquer outro tipo de plano de vida. Imagine só, você trabalha a vida toda e quando consegue uma boa condição de vida para desfrutar tudo aquilo que sonhou, acaba ficando doente. Ninguém merece, né?

Um bom nutricionista pode te orientar a comer melhor. Mas para quem não quer pagar um nutricionista e está realmente preocupado com o futuro da sua saúde, o link abaixo é um”prato cheio”

Abriremos um “parêntesis” nos conteúdos de sala de aula e trataremos de um assunto importante para todos, independente da profissão: a alimentação. Dela dependem todas as funções do corpo, desde os movimentos até a capacidade de resolver problemas, de usar o raciocínio ao seu favor em qualquer circunstância. Por isso, cabe a pergunta:

Você se alimenta bem? Sim? Não? Não sabe? Eu confesso que preciso melhorar bastante…

Bom, então prestarei um serviço à comunidade. O Ministério da Saúde disponibiliza um pequeno guia alimentar que indica quais são os melhores alimentos para a nossa saúde, de que forma devemos comer e em que quantidade. Lá você também há a indicação de como fazer para descobrir se o seu peso está ideal, acima ou abaixo do normal.

Acesse o Guia de Bolso sobre Alimentação e comece a repensar seus hábitos de ogro! Ah, mas caso você seja do tipo que come pouco, com medo de engordar, cuidado pois você pode estar ingerindo uma quantidade de nutriente menor do que o seu corpo precisa. Por isso, tanto para os “ogros” quanto para os “filés de borboleta”, o guia disponibilizado pelo Ministério da Saúde é importante. Este pode ser o primeiro passo para você conseguir garantir uma longevidade além da expectativa. Mas não deixe de contribuir com a Previdência Social, senão viver muito pode não ser um bom negócio $$$$.

Abraços!

Categorias: Cidadania, Educação | Tags: , , , , , | 2 Comentários

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: