Posts Marcados Com: União Ibérica

Xiii…o rei sumiu!

Saudações!

Apesar de existirem muitas diferenças entre os dois países, Portugal e Espanha também têm lá suas semelhanças. E, de fato, em 1580, os dois países tornaram-se um só. Esquisito?

A Dinastia de Avis reinava em Portugal desde 1385 até que, em 1557, D. João III morre e quem assume é seu neto, D. Sebastião. Só que o “Tiãzinho” só tem 3 anos de idade, então é uma regência que passa a governar o país. Ao completar 14 anos, é declarada a maioridade de D. Sebastião para que ele pudesse reinar (hoje tem gente que quer ser maior aos 14 anos só para poder ter a carteira de motorista!…os jovens de hoje não “pensam grande” como antigamente…). Mas é claro, aos 14 anos ninguém está preparado para reinar (tem gente que aos 14 anos não sabe nem… Bom, deixa pra lá), então o cardeal D. Henrique torna-se seu conselheiro. D. Henrique permanece até que o rei D. Sebastião complete seus 18 anos e, assim, assuma definitivamente o trono!

Acontece que D. Sebastião era muito religioso. Fez voto de castidade e achava que as mulheres eram obra do diabo! (é, com certeza, ele não era como os jovens de hoje). Além disso, ele achava que sua missão era combater os inimigos do cristianismo, os mouros (muçulmanos). E lá foi o rei cumprir sua missão! Organizou um exército (muito mal treinado, por sinal) para combater na África, mais precisamente em Alcácer-Quibir, Marrocos.  Mas quis o destino que ele morresse em batalha, ou melhor, desaparecesse! Pois é, D. Sebastião não retornou de Alcácer-Quibir e nem foi encontrado entre os mortos. Há quem espere seu retorno até hoje e esta espera deu origem a uma crença chamada “sebastianismo” (Dizem até que o Corinthians só vai ganhar uma Libertadores quando o D. Sebastião voltar….brincadeirinha…). Na verdade, o sebastianismo tem relação com o movimento liderado por Antônio Conselheiro, no Brasil, e que deu origem à Guerra de Canudos. Dê uma pesquisada nisso e confira as semelhanças!

Pois bem, O rei sumiu! E agora, quem reina? Lembra? O rei achava que as mulheres eram obra do diabo e não se casou. Logo, não tinha um filho para herdar o trono. Quem assumiu foi D. Henrique, seu tio-avô e antigo conselheiro, mas ele morreu logo depois, deixando uma crise de sucessão em Portugal. Os parentes da família brigaram pelo o trono e quem ficou com ele foi D. Felipe II, que  era neto do lado materno do rei D. Manuel, de Portugal. Mas D. Felipe II também era rei da Espanha! Ocorreu que D. Felipe II, sendo rei dos dois países, colocou Portugal sobre domínio espanhol, dando início ao período conhecido como União Ibérica, em 1580.

Segue um vídeo que ilustra como isso aconteceu. O vídeo foi feito por portugueses. Inclusive, nota-se pelo sotaque da narradora. É bem interessante. Veja o vídeo e escreva seus comentários.

Anúncios
Categorias: História 8° ano | Tags: , , | Deixe um comentário

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: